Como desenhar bem, da maneira correta, em alguns passos

O mais recomendado para começar os primeiros passos é fazendo um curso de desenho. Mas talvez você ainda não está preparado ou não tem como fazer um curso fechado. Eu quero ajudar você nessa empreitada.

Nesse artigo quero explicar algumas noções básicas do desenho para você como aprender desenhar bem passo a passo, da maneira certa.

Para ser um bom desenhista, você precisa enxergar o mundo como um desenhista.

Como um desenhista enxerga o mundo

como-um-desenhista-enxerga-o-mundo

As primeiras formas que aprendemos na escola são as formas geométricas. Isto porque, tudo o que existe, tem por base alguma forma geométrica.

O bom desenhista tem a capacidade de olhar para qualquer objeto e identificar as formas geométricas que formam aquele objeto. Este é a primeira técnica que você precisa aprender.

Dê uma olhada ao seu redor. Observe todos os objetos que estão aí. Tente identificar quais formas geométricas estão presentes aí.  Siga o exemplo abaixo:

Treinar o seu cérebro para identificar as formas vai te elevar a um novo nível. E você já será capaz de acreditar que pode desenhar com perfeição.

Mas para você realmente começar seus primeiros desenhos existem outros detalhes técnicos muito importante.

Falaremos de três deles:

Vejamos cada um:

Traço

Uma das características mais importantes em um desenhista, sem dúvidas é o traço. É ele que define se a ilustração foi feita por um profissional ou por alguém que apenas gosta de desenhar.

Ter um traço firme não é algo fácil, mas isso também não significa que você precise conhecer técnicas avançadas para tal condição. E isso você só vai conseguir treinando muito.

O grande segredo para se ter um traço profissional é o treino (veja como treinar desenho). Por isso pratique o traço em diferentes sentidos e sempre mantendo a mão firme para que o traço não sai tremido ou peludo.

Um erro muito comum entre aqueles que estão começando, é confundir o traço firme com a força. Um bom desenhista consegue fazer um traço firme sem imprimir força, sem apertar o lápis no papel.

Não existe método melhor para obter um bom traço se não for treinando.  Treine o traço em vária posições.

Uma dica é treinar o traço em cima do traço. Faça um traço e tente ir fazendo os outros por cima, buscando sempre cobrir o primeiro sem deixar escapar.

Faça movimentos rápido e mão firme.

Sombra e luz

sombra-e-luz-no-desenho

Após treinar bastante o traço e hora de partir para a sombra e luz. A qualidade do seu efeito de sombra e luz depende diretamente da firmeza da mão. Por isso, não parta para essa etapa se acha que ainda não tem firmeza ok.

O conceito de sombra e luz e muito simples e fácil de entender.

Basicamente, quanto mais perto da luz mais claro deve ser o desenho. E quanto mais longe, mais escuro.

Existe uma escala, chamada escala tonal, onde se observa os diferentes tons que variam do negro ao branco.

Veja:

Utilize o lápis 6b para treinar esta escala. Lembre-se quanto mais você treinar, melhor serão os seus resultados.

Textura

Agora que você já está treinado e controlando o peso da mão e as diferenças de tonalidade. Qualquer tipo de material será fácil para você. Mesmo assim é preciso que você treine os mais variados tipos de textura.

Não adianta ter um bom traço e saber reproduzir bem a sombra e a luz, se você não souber representar os diferentes tipos de materiais.

Para treinar a textura você também vai usar o lápis 6b.

Uma boa dica é gastar a ponta do lápis e também pode usar um esfuminho para melhorar os resultados.

Esses são os conceitos mais importantes para você aprender de vez como desenhar.  Concentre-se nesses três.

Mas só ter o conhecimento não basta. É preciso que você coloque a mão na massa. Treine pelo menos uma hora por dia.  Uma semana um conceito, na próxima outro. E assim por diante.

Na medida que você vai melhorando, o desenho vai se tornado natural e a tendência é melhorar cada dia mais.

Então comece agora. Separe a próxima hora pratique!